16.5.07

Bracarense, Arcebispo, Arsenalista, Braguista


Todas as palavras, por mais pequenas que sejam, têm um significado. Algumas têm até mais que um significado podendo a mesma palavra ser aplicada em vários contextos. Acontece também o inverso, várias palavras significarem a mesma coisa. Com o passar do tempo certas palavras caem em desuso e surgem outras novas que aos poucos vão entrando no vocabulário de cada um de nós e vão fazendo cada vez mais parte do nosso dia a dia, vindo estes novos vocábulos fazer companhia, e por vezes substituir, os antigos, enriquecendo assim a língua. Certos termos existem apenas num determinado local, ou numa determinada sociedade (se lhe podermos chamar assim), não fazendo por isso parte do vocabulário oficial da língua. Exemplo disso é a palavra Braguista.
Desde a criação do Sporting Clube de Braga que os adeptos do clube eram denominados por Bracarenses. Esta designação deve-se ao facto de os habitantes ou naturais da cidade de Braga serem Bracarenses, nome atribuído devido à cidade ter sido fundada no tempo dos romanos com o nome de Bracara Augusta. Apesar de já não ser utilizado com tanta frequência, por vezes utiliza-se o termo Arcebispos quando se fala da comunidade em volta do clube, mais uma vez com a razão a ser atribuída à cidade que, por em 1112 ter sido doada aos Arcebispos, é também conhecida por Cidade dos Arcebispos. Porém outra designação têm, a de Arsenalistas, esta tem a ver com o facto de José Szabo ter sugerido um equipamento para o Sporting clube de Braga, à semelhança do utilizado pelo Arsenal de Londres (equipamento utilizado ainda hoje) ficando a equipa a ser conhecida por Arsenal do Minho e, consequentemente, os adeptos por Arsenalistas.
Muitos anos mais tarde, devido a uma grande parte dos Bracarenses nutrir um certo sentimento por um clube de fora da cidade que lhes pertence, surge a necessidade de criar um vocábulo que destinga aqueles que somente apoiam e amam o clube mais representativo da capital do Minho, daqueles que por algum motivo sentem algo por outro clube, ou ainda daqueles que simplesmente habitam ou são naturais da cidade de Braga. Com esta necessidade, nasce o Braguista, palavra que não existe no dicionário e é vulgarmente utilizada pelas pessoas a que se refere. O significado é muito simples, caracteriza uma pessoa que ama um só clube e que o defende até que as forças não o permitam mais, sendo esse clube o Sporting Clube de Braga. A palavra Braguista, é uma palavra relativamente nova, e que é mais usada e conhecida pelos frequentadores mais assíduos da Internet nos sites e fóruns que se relacionam com o Sporting Clube de Braga, apesar disso, está a tornar-se cada vez mais conhecida e mais utilizada entre a comunidade Bracarense. Está a ganhar estatuto e a começar a ser conhecida pelo “mundo fora”. Existe já uma associação constituída por este tipo de adeptos, a Associação Braguista! Brevemente iremos ser reconhecidos como apoiantes de um só clube e a palavra Braguista vai figurar no dicionário da língua portuguesa, iremos finalmente ser diferenciados e dar a conhecer ao poder centralizado que os Braguistas são de carne e osso, e não simples hologramas...
Enquanto este meu sonho não se realiza e este dia não chega, resta-me apenas dizer que, quer sejamos Bracarenses, Arcebispos, Arsenalistas, ou Braguistas o que importa é estarmos unidos e apoiar única e exclusivamente o Sporting Clube de Braga...


P.S.: O significado da palavra Braguista aqui apresentado por mim foi, uma vez que a palavra não existe oficialmente, criado por mim, sendo assim, uma mera sugestão pela maneira como eu a vejo e gostaria que fosse vista pelos outros, podendo estar totalmente errada!

2 comentários:

Nxiza7 disse...

"podendo estar totalmente errada!"?? Não tenho coto na matéria mas nada do que dizes pode estar totalmente errado!!
Tenho o recorte do jornal guardado!! :)
xxx

Sim disse...

Ninguém me pediu a opinião, mas estou totalmente de acordo. Os portuenses são os habitantes do Porto, mas portistas são os adeptos do FC Porto e por aí fora: madrilenses e madrilistas, etc. Acho que braguistas tem efetivamente todo o lugar no dicionário.