15.10.06

Revolta das Queijadinhas de Sintra - Cap.I (parte 1)

Na passada sexta-feira, dia 13 por sinal, a RQS saiu à rua para ir ver o SC Braga a jogar em Aveiro frente ao Beira Mar. Depois de ter dado a volta quase completa ao estádio para comprar bilhetes, de termos visto o nosso clube a dar 3 sem resposta e andarmos no fim do jogo 10 min á procura do carro no sitio errado (pensei k ia ter de vir a pé embora, mas não, lá encontra-mos o bolinhas...), lá regressamos á auto-estrada para fazer o caminho de volta... Parados na área de serviço de Antuã, para tapar o buraco do estômago, com as musicas do SC Braga bem altas, tipo azeiteiro mesmo, vejo alguém a acenar-me de dentro de uma carrinha... e lá fui ter com ele. Pelo caminho reparei que também trazia uma camisola do SC Braga vestida. Fez-me andar mais ou menos 10 metros com uma sandes de qualquer coisa e um copo de coca-cola na mão para me perguntar quem me tinha dado a camisola que trazia vestida! Depois de eu ter respondido que fui eu que a comprei só me perguntou quanto custou e depois disse-me para eu ter cuidado porque estava a GNR atrás da carrinha... um diálogo um bocado estranho, mas lá voltei eu para onde estava e eis que ele volta a acenar, mas desta vez não era para mim, era para outro que estava comigo, e lá foi ele! Mas o diálogo entre eles os dois foi mais interessante! Perguntou-lhe se por acaso nós tínhamos "ganza"!!!! A resposta foi dada em tom de gozo "Não! Só temos sandes, queres uma?" mas ele estava mesmo interessado era em fazer fumo... Lá seguimos nós viagem em direcção à cidade dos Arcebispos e lá ficou ele a abanar o capacete sozinho dentro da carrinha ao som da música "É golo, é golo do Braga"! Chegados ao Porto e já na entrada da auto-estrada para Braga, a "tragédia"!!!! Afinal sexta-feira 13 sem azar, não é sexta-feira 13! Pensávamos nós que ia-mos apanhar uma valente seca (tivemos mais de uma hora para andar 4 km) quando de repente surge o verdadeiro espírito da RQS! Em plena auto-estrada fizemos uma festa como se tivéssemos sido campeões! Cachecóis de fora, musica para toda a gente ouvir e algumas buzinadelas... Na verdade não estávamos sozinhos juntaram-se a nós alguns carros e a camioneta que trazia a claque apoiante do SC Braga mais nova e mais feminista, "As Braguinhas"! Este tempo que passamos a andar em 3 velocidades (devagar, devagarinho e parados), fez-me lembrar a publicidade do comboio mais lento do mundo que fez a viagem mais rápida de sempre e chegou á mesma hora dos outros dias... Fiquei com a impressão que foi a hora que passou mais rápido na minha vida! Foi um bocado bem passado, fica aqui um pedaço para verem...

1 comentário:

A Trivela disse...

Gostei mt da maneira cm descrevest este enumerado de acontecimentos...
deve ter sido msm surreal...