24.11.06

Desistir? Não obrigado...


Para este mundo, eu sou insignificante
Só porque não tenho nada para dar
Chamas a isto o teu país livre?
Diz-me, por que custa tanto viver?
Diz-me porquê?
Todo o meu trabalho e cuidados infinitos
Parecem nunca me levar a lado nenhum
Ando um quilometro para me mover um centimetro
Mesmo que eu me esforce bastante.
E estou-me a esforçar bastante...
Este mundo pode me deitar abaixo, mas eu
Não vou virar as costas
Não vou baixar a cabeça e fugir
Porque eu não sou assim
Quando tudo passar,
Não vai haver nada a temer,
Este mundo não me pode derrubar
Não, porque eu já cá estou!!
Se for preciso
Digo mil vezes que
Não vou fugir
Vou encará-lo de frente
Porque é assim que eu sou...

2 comentários:

Cidchen disse...

Muito BEM! Este texto SIM tá 5*****! É com a cabeça erguida que devemos viver cada dia das nossas vidas. Não nos adianta nada estar tristes, a vida é mesmo assim! Há bons momentos mas também os maus. Força aí, amigo!

Beijinho grande;)

Lipa disse...

Oi
Sim senhor espero que continues assim...
Os sermoes valeram a pena nao?loool...Eu bem digo que tu nao vives sem mim e tens sempre que me agrdar LOOOOOOOOOOOL nao ligues isto e da anestesia como diz a minha mae "afectou-me o cerebro" LOOL
Desculpa la aquela cena de ontem e sabes que edtou aqui pa tudo...
Bjinhos
Fica bem***